assessoria comercio exterior Assessoria Comércio Exterior

Assessoria em Comércio Exterior

á há alguns anos muitas empresas, independente do porte e segmento, veem buscando alternativas de fornecimento junto a fabricantes no exterior.

Dentre as razões mais comuns para se buscar um fornecedor estrangeiro, é o fato do Brasil não ter produção própria.

Ou suficiente, de todos os insumos utilizados na indústria.

Vejam como exemplo: O Trigo.

Nós temos que importar da Argentina e do Leste Europeu, pois a produção nacional é insuficiente para atender à crescente demanda por farinha de trigo.

Para iniciar um processo de aquisição de matéria-prima no exterior, é preciso que um profissional qualificado tome frente.

Pois demanda muito conhecimento técnico e certas manhas para ter sucesso em uma importação, ainda mais quando o destino é suprir uma linha fabril.

Nas pequenas e médias empresas, por questão de economia, é consenso a contratação de um profissional que faça a Assessoria em Comércio Exterior.

Essa é a pessoa que encontrará um fornecedor no exterior, negociará, cuidará de embarques e também da liberação alfandegária aqui no Brasil.

Vale ressaltar, que a Assessoria Aduaneira contempla apenas o âmbito nacional.

Apenas procedimentos realizados quando a mercadoria já se encontra em algum porto brasileiro.

A Assessoria em Comércio Exterior é bem mais ampla, inclusive abrangendo a Assessoria Aduaneira, dentre outras etapas.

Para um pequeno importador, que traga um container por mês por exemplo, é mais vantajoso financeiramente pagar uma Assessoria a contratar um funcionário para tal tarefa.

Além do que o Assessor recebe por importação, já o funcionário recebe mensalmente, tenha importação ou não.

Posts Relacionados