o que e preciso para importar produtos O que é preciso para importar produtos?

O que é preciso para importar produtos?

Como Importar Produtos?

Hoje em dia a principal pergunta que sempre me fazem é: O que é preciso para Importar Produtos? Como faço para importar?

Primeiro você deve ter em mente qual será a finalidade em importar.

Irá importar para revender? Importar para reduzir os custos de produção?

Caso queria importar produtos para revenda tenha em mente que seus concorrentes também podem já ser importadores.

Para você ter competitividade é necessário se adequar a um modelo de trabalho similar ao deles, seja no volume de compras e na logística principalmente.

Entenda que você dificilmente concorrerá com um importador que trás, por exemplo, 80mil lâmpadas em um container.

Ao passo que você quer trazer 1.000 unidades apenas, é evidente que a diluição de custos será desproporcional, ou seja, você não concorrerá de forma igualitária.

Se a sua intenção é importar matérias primas para reduzir custos no processo industrial, saiba que é um bom caminho.

Adotado por milhares de indústrias em todo o Brasil.

Atualmente as indústrias brasileiras se abastecem de insumos vindos doa quatro cantos do mundo.

Cada região tem suas particularidades e competitividade em determinados produtos.

É muito comum, por exemplo, as indústrias de motores elétricos importarem o fio de alumínio esmaltado, que é parte fundamental de um motor elétrico, já os demais componentes são fabricados aqui no Brasil. Isso também ocorre com os termoplásticos, ambos os casos já explicamos em outras publicações.

Empresas que investem na importação e aumentam seu faturamento

Cada ano que passa o número de empresários de pequenas e médias empresas aumentam consideravelmente a participação nessa área.

Isso só comprova cada vez mais que pequenos e médios empresários brasileiros têm importado mais produtos do exterior, sejam eles para revender ou para a utilização na produção de suas empresas, pois como dito anteriormente a importação de insumos vem para complementar a atividade do empresário brasileiro.

A entrada de pequenos e médios empresários no comércio exterior deve se   em grande parte ao trabalho realizado por empresas de Assessoria Aduaneira, pois são elas que dão suporte ao empreendedor.

O que é preciso para importar produtos – Abaixo 3 dicas primordiais para te ajudar a Importar Produtos.

– Escolha os melhores fornecedores do pais que pretende importar

A escolha de um fornecedor é a parte mais crítica da operação, pois não basta acessar websites de B2B e olhar quem tem o que você quer, lembre que esses websites não são responsáveis por fraudes, além do que infelizmente ainda hoje muitos empresários compram matérias primas e recebem pedra nos containers, isso acontece pela falta de experiência em qualificar um fornecedor.

– Calcule bem os Impostos e taxas para não ter nenhuma surpresa no final

Muita gente acha que para importar basta pegar o preço do produto e converter para Reais, é um erro recorrente, outros acham que basta acrescentar 60% de Imposto de Importação e tudo bem, mas esquecem que o ICMS também incide, além do que compras com caráter comercial devem ser liberadas através de Declaração de Importação, registrada no Siscomex, a qual recolhe os tributos e encaminha a mercadoria para inspeção formal da Receita Federal.

– Documentos necessários para começar a importar (Radar de Importação)

Não basta a empresa ter habilitação no Siscomex para começar a importar, os documentos exigidos pela Receita Federal variam de acordo com o tipo de importação, a ausência deles ou a inexatidão deles pode gerar multas ou mesmo a apreensão da carga.

Dúvidas, entre em contato agora mesmo!